Arquivos do Blog

11 MESES…

Estou aqui pasma escrevendo esse título… 11 meses…
Não é um sonho então? Já se passaram 11 meses mesmo?
Confesso para vocês que todos os dias quando acordo abro os olhos e penso: “é isso mesmo?”
Me sinto jogada dentro de um pesadelo e tento correr para todos os lados em busca da saída, mas ela simplesmente não existe…
Nesse tempo todo descobri muitas coisas, mas a mais chocante é que o tempo passa para todos a sua volta, menos para você, isso é estranho…

Assim que o Igor partiu, eu passava longas noites acordada (ainda passo) procurando casos similares na internet e entrando em contato com mães do “mesmo time”. Nessas minhas “andanças” noturnas eu conheci a Rosana Madjarof, uma mãe super guerreira que perdeu uma filha na flor da idade e um acidente automobilístico em SC, ela se chama Tati e o primeiro vídeo de psicografia que assisti na net foi o dela… Aquilo me deu um impulso imenso, uma certeza concreta da vida após a morte e uma esperança confortadora…

Vídeo da Tati:

Em 2011 eu estive em Uberaba e recebi uma carta linda do meu filho, com apenas 4 meses de desencarne… Confesso para vocês que foi como receber um postal dele, como se ele tivesse em outro país e eu não pudesse visitá-lo…

O mais fantástico disso tudo é saber que essa mensagem, ajuda involuntariamente outras mães que estão passando pelo mesmo processo, as vezes recente, as vezes tardio… Isso me deixa muito feliz mesmo, pelo fato de estar ajudando de alguma forma e de ver que meu filho, mesmo em outro plano continua emanando amor, amor e mais amor…

A Rosana tem um site chamado “Saudade e Adeus”  e ela fez uma homenagem linda a nossa história, postando o vídeo da psicografia do Igor junto com outras tantas mensagens de amor! Eu quero dividir isso com vocês!

“SAUDADES E ADEUS”      CLIQUE AQUI

OCIOSO.COM.BR ACABA DE PUBLICAR A NOTICIA DA CARTA DO IGOR, CLIQUE AQUI

Como estou hoje depois de 11 meses?

Minha rotina mudou um pouco… Eu estou trabalhando como voluntária em uma creche da comunidade perto da minha casa aqui no RJ, todas as segundas feiras vou até lá, faço o que tem para fazer, sirvo almoço, limpo a mesa, ajudo as crianças no dever de casa… Aprendo mais do que ensino…

Voltei ao trabalho também, a minha tão amada profissão: “Cosmetologia”

Estou atendendo em uma clínica linda e amando voltar, pois os dias sem ociosidade fazem toda diferença…

Mas dentro de mim nada mudou… Todas as noites eu tento não lembrar da cena horrível que foi encontrar o Igor naquela piscina, tento não chorar muito, tento pensar nele como espírito vivo, assim como ele me pediu na carta…

Apesar de pensar em outros filhos, estou nas mãos de DEUS, pois não somos nós que decidimos nada em nossas vidas, definitivamente nada… Aprendi isso na dor…

No mais, meu tijolo está aqui, no meu bolso, sendo carregado dia após dia…

Não se engane com meu sorriso, ele está ali por que precisa estar, mas eu choro por dentro ao ver tantas crianças em condições precárias, passando fome, sendo maltratadas pelos pais, sem amor, sem paciência, sem carinho…

A você Igor, continuo escrevendo,como combinamos…

Espero que você me  leia querido, me ame, abrace… Meu amor só aumenta, pois ao devolver um filho a DEUS aprendemos a forma de amar mais complicada… A distância…

“The circle of life”  O Rei Leão…  Você amava esse filme… Eu espero o círculo da minha vida se cumprir, para encontrar você novamente!

Te amo Igor, eternamente….

Mamãe Paula

@Hypnosemakes

Anúncios

10 MESES…

 

” Um homem chegou em casa tarde do trabalho, cansado e irritado encontrou o seu filho de 5 anos esperando na porta…

– Pai, passo te fazer uma pergunta?

– O que é? Respondeu o homem.

-Pai, quanto você ganha em uma hora?

– Isso não é da sua conta, porque você está perguntando uma coisa dessas? Disse o pai, de modo agerssivo, cansado do trabalho…

-Eu só quero saber… Por favor me diga, quanto o senhor ganha em uma hora?

– Se você quer saber, eu ganho R$ 50,00 por hora.

-Ah… Respondeu o menino, com a cabeça para baixo…

-Pai, pode me emprestar R$25,00?

O pai estava furioso.

– Essa é a única razão pela qual você me perguntou isso?

-Pensa que é assim? Que pode conseguir algum dinheiro para comprar um brinquedo ou algo do tipo? Vá direto para seu quarto e fique na cama!! Pense sobre o quanto você está sendo egoísta!!

-Eu não trabalho duramente todos os dias para tais infantilidades!

O menino se calou e foi para o seu quarto fechando a porta…

O Pai ficou pensando para que o menino queria aquela quantia, será que lhe fez essa pergunta apenas para conseguir algum dinheiro?

Cerca de uma hora depois já mais calmo começou a pensar: Talvez houvesse algo que o filho gostaria de comprar com esses R$ 25,00 e ele realmente não pedia dinheiro com tanta frequencia. O pai foi até o quarto do filho, abriu a porta e perguntou:

-Esta dormindo?

-Não Pai, estou acordado… Respondeu o menino.

-Eu estive pensando, talvez eu tenha sido muito duro com você, tive um longo dia, cheio de problemas e descarreguei em você… Aqui estão os R$ 25,00 que me pediu.

-Oh, obrigado Papai!! Respondeu sorrindo o filho.

Então, se aproximando de seu travesseiro puxou alguns trocados amassados e juntou ao dinheiro que o pai lhe dera.

Enfurecido e gritando o Pai perguntou:

-Por que você quer mais dinheiro se já tinha?

-Porque eu não tinha o suficiente, mas agora tenho! Respondeu o menino com um largo sorriso.

-Papai, agora eu tenho R$ 50,00 posso comprar uma hora de seu tempo? Por favor, chegue mais cedo amanhã em casa, gostaria de jantar com você e brincar um pouco…

O Pai, destroçado, colocou os braços em volta do filho, abraçando-o fortemente e pedindo seu perdão…”

Não podemos perder a chance de passar algum tempo ao lado daqueles que realmente amamos e nos amam, amanhã eles poderão estar longe e o abraço não será possível…

Agradeço imensamente a DEUS pelos 4 anos que tive a oportunidade de viver ao lado de um ser tão especial e iluminado, agradeço por ter sido escolhida para gerar essa vida que mudou a minha vida para sempre ao chegar e ao partir…

Igor, eu te amei desde o momento que descobri você em meu ventre, amei cada dia ao seu lado, cada sorriso, cada abraço, cada gesto, cada palavra, cada carinho que você me deu… Eu te amo cada dia mais, pois te sinto cada vez mais perto de mim… Evoluindo, velando por nós que tanto o amamos…

Se passaram 10 meses…

Eu não sei como estou conseguindo…

Saudades eternas…

 

Mamãe Paula

@Hypnosemakes

 

 

 

 

FINALMENTE…

Bom dia queridas leitoras!

Eu já tinha feito um post para essa sexta-feira nessa madrugada que passou, mas não posso deixar de dividir isso com vocês…

Tenho dormido muito tarde, por isso só apareço no face ou no twitter depois no meio dia, pois é difícil pegar no sono, são tantas lembranças… Mas essa noite em especial, antes de dormir, eu fechei os olhos por um instante e pedí ao Igor:

“- Estou com tanta saudade querido, se você puder vir me visitar eu gostaria tanto de te abraçar…”

Sempre faço isso, mas essa noite eu pedi de uma forma diferente, não sei explicar, foi especial…

Acabei de abrir os olhos, são 8:10 da manhã e o sonho que tive foi o seguinte:

” Eu estava em uma reunião de família, pessoas que eu não via a muito tempo, inclusive pessoas que já partiram, todas ali, rindo, brincando, menos o Igor… Em um determinado momento eu me dirijo para uma árvore que estava distante e sozinha em gramado imenso, deito embaixo dela, olho para cima e vejo como se fosse um raio, ele me atinge em cheio e eu começo a flutuar através de um túnel iluminado e magnético, sinto meu corpo todo leve e ao mesmo tempo formigando, meu DEUS, foi tão real… EU começo a enxergar as pessoas de cima, quando derepente vejo ele… Lá está ele com seu cabelinho liso, com uma roupa que eu amava, ele toca meu braço, sinto a energia de sua mão e me assusto… Já estou de pé, indo em direção a ele que me faz apenas uma pergunta: “- Já morreu na Terra mamãe?” Com aquela inocência de criança sabe? Eu respondí: “- Sim, abracei ele com toda minha força, muito!!! Cheirei o cangote dele, senti o macio dos seus cabelos e imediantamente avistei nosso cachorro, “Phony Augusto”,  que desapareceu de casa quando Igor tinha 2 anos e meio, ele estava lá com ele, pulando e brincando…

No meio de toda aquela euforia de encontra-lo eu penso em meu marido e me desespero! Digo ao Igor: “- E o papai Vitor? Eu não posso deixa-lo sozinho!”

Ele me responde:  “- Vai ficar tudo bem mãe…”

Eu acordo como se tivesse acabado de chegar de lá…

Obrigada Senhor por me permitir esse encontro e essa lembrança tão nítida!

Obrigada meninas por me permitirem dividir esse momento tão especial com vocês…

Abraços, desse que dei hoje no meu filho, que tiram a dor…

Paula Miranda

@hypnosemakes