A DOR NAO TEM DIA PARA CHEGAR NEM PARA SAIR!

EU PERDI MEU
FILHO HOJE

“Eu perdi meu  único filho hoje. As pessoas vieram sofrer e chorar,
e eu simplesmente sentei e encarei tudo, estava atônita, sem acreditar naquilo que estava acontecendo.
Eles procuravam palavras para dizer, tentar e fazer minha dor ir embora.
Eu caminhava, sem acreditar. Eu perdi meu filho hoje.

Eu perdi meu filho mês passado.
Algumas pessoas ligam, e algumas permanecem.
Eu quero acordar disto, não pode ser real, eu quero gritar.
Tudo está ainda trancado aqui dentro. Deus me ajude, eu quero morrer.
Eu perdi meu filho mês passado.

Eu perdi meu filho ano passado.
Agora as pessoas que ainda vinham, se foram.
Eu sento e luto o dia todo, para suportar a dor profunda aqui dentro de mim.
E agora me perguntam o porquê. ‘Por quê? Por que essa mãe não segue adiante? Simplesmente fica repetindo a mesma velha dor, o mesmo antigo lamento!`
Eu perdi meu filho ano passado.

Eu perdi meu filho há 1 ano e 4 meses. Poderá fazer mais, não importa.
O tempo não muda para mim.
O estado de incredulidade, de esperar que fosse tudo uma mentira da vida, essa ilusão que ainda tinha, infelizmente desapareceu.
Meus olhos derramam, todos os dias (sim, todos!!) muitas lágrimas.
Eu percebo o jeito que você olha:
“Você deve seguir, não tem mais jeito .” – que palavras duras para uma mãe – “não tem mais jeito!” Não doeria em você?
Sim, eu estou aqui, parada no tempo, e o meu sentimento é o mesmo:
“Eu perdi a meu filho…hoje, eu perdi todos os meus dias!”
Conteúdo da página do Facebook: “Grieving Mothers”

Esse texto não é meu, mas é definitivamente o retrato da vida de tantas mães…

Mães que estão na fase mais dura do luto, mães que estão no meio do caminho, mães que já passaram anos mergulhadas nesse vazio e nessa saudade e fizeram tantas coisas com esses sentimentos.. Por elas, por seus filhos, pela família e estão aqui, na dura missão de continuar…

Ter outros filhos ameniza? Talvez sim, mas não muda nada, não traz de volta, não limpa sua memória…

Doce ilusão de quem não sabe o que esse sentimento causa e sem querer, as vezes sem sentir, usa de um egoísmo duro e te orienta a virar a página.. Não, ela não vai ser virada, não por que não queremos e sim por que é simplesmente impossível…

DEUS nos dê forças para chegar até o final e nos dar a chance de um reencontro tão esperado!

Paula Miranda

Anúncios

Publicado em novembro 8, 2012, em Minha vida. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. Lindo texto! Sempre me emociono com você, não consigo nem imaginar o que você sente, só de tentar meu coração dói muito! Força e fé! Vc já é uma vencedora por acalmar e ensinar tantos corações dar valor o que se tem! Deus te abençoe e te conforte cada dia mais! Bjão!

  2. Lucia Ribas (Plena / RJ)

    Paula, minha querida … não dá para virar a página, não dá para simplesmente seguir em frente com a imensa dor da saudade, não é mesmo? A única coisa que podemos fazer é realmente pedir a Deus força para chegarmos no final, e como vc mesmo disse, que Ele nos dê a certeza do reencontro …

  3. Sendo o sofrimento é inevitável, saber o seu porque não fará com que ele cesse! Então como e para que?
    http://m.youtube.com/watch?v=VGSZpZR1g04

  4. O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser. Acontece que entre o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, muita gente se perde. Não se perca, viu?
    (Caio Fernando Abreu)

    Feliz Ano Novo!

  5. Prezada Paula, sem querer, passeando no youtube assisti seu vídeo sobre a mensagem de seu filho por meio do médium Celso. Como sou sensível aos assuntos espirituais e tenho um filho nesta idade, me vi querendo saber mais sobre sua história.Após ler os textos de seu blog (dia das crianças e o texto acima), abracei muito meu filho e chorei! Pedi a Deus para não tirá-lo de mim numa das atitudes mais egoístas de toda a minha vida! Entendo sua dor, sou solidária a ela. Sinto que vc é uma mulher especial, forte, que está buscando dia-a-dia a aceitação. Não entendo os desígnios, Mas sei, que há um propósito maior, e, vc faz parte disso. Vcs estarão sempre em minhas orações. Fiquem com Deus!!
    Muita luz e sabedoria em 2013!

  6. Paula, que vontade de te dar um beijo e um abraço! Isto pq estava pesquisando sobre algo na net (nem me lembro mais o q) e acabei conhecendo o seu blog. Fiquei a manhã toda lendo a sua história, horas maravilhosas, outras sofridas, mas todas muito intensas, me peguei rindo, chorando e rindo novamente. Te mando as melhores vibrações possíveis para o nascimento da sua pequena. Um filho não substitui o outro, mas que sua bb venha preencher com muito amor cada espacinho do coração de vcs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: