Arquivo mensal: dezembro 2011

DIA 24, NATAL E 6 MESES SEM VOCE IGOR…

Em primeiro lugar quero me desculpar, pois não tenho feito mais posts e nem vídeos… Mas finalmente tive meu momento  “cair a ficha” e desde então tenho vivido minha dor como eu nunca fiz até agora… Me fiz de forte todos os dias até aqui por que me sinto na obrigação de ajudar outras mães que perderam seus filhos e até mesmo as que não perderam, para que elas possam entender que devemos amar enquanto temos nossas jóias ao alcance de nossas mãos…

Dia 24 de dezembro, para todos será uma data comemorativa, um dia em que devemos nos reunir em volta da mesa com quem amamos e compartilharmos amor, perdão, respeito, humildade… Deveria ser assim… Para mim, dia  o dia 24 completa 6 meses que estou “sobrevivendo” sem meu filho amado, querido, carinhoso e romântico Igor..

Eu sempre amei o natal sabe? Sou canceriana, daquelas bem família que gosta de cozinhar e servir a mesa, que gosta de colocar todos embaixo das asas e proteger… Sempre fiz questão de passar o natal com minha família e desde que o Igor chegou em nosso mundo, essa data se tornou ainda mais especial…

Passei a montar a árvore e decorar a casa, passei e envolvê-lo no clima natalino e contar as famosas histórias do Papai Noel, ele ficava ouvindo atento com os olhos brilhantes, delícia de ingenuidade….

Esse ano meu natal será diferente…

Esse ano, essa data vem doendo em meus olhos e em meu coração desde que as mães começaram a passear com seus filhotes pelos shoppings e ruas, desde que as luzes do natal começaram a brilhar nas ruas e as propagandas recheadas de famílias felizes se fizeram presentes na TV…

Esse ano eu decidí fugir…

Esse ano eu quero chorar meu natal apenas ao lado do meu amado marido, não me sinto no direito de estragar qualquer festa com minha dor, minha ausência, minha tristeza… Não vou permitir que as lágrimas dos meus olhos saiam disfarçadas e nem causem um nó na garganta das pessoas que estimo….

Mas quero dividir aqui, com vocês o último natal que o Igor esteve aqui, em corpo… Eu jamais poderia imaginar que passaria um natal sem minha criança…

Recebemos a visita do casal de amigos Alan, Juli e sua linda Yasmin, em nosso apartamento no Rio de Janeiro… Dias felizes…

 

Gostaria de aproveitar e agradecer a cada coração que chorou comigo, que orou pelo meu filho e por nós, que se emocionou com meus desabafos e minhas dores… Eu espero sinceramente que de alguma  forma, a minha dor tenha tocado um coração materno, paterno, tenha feito brotar em alguma família  o verdadeiro sentido do amor, da resignação, da humildade, da caridade…

Quero dizer também, que o natal não é só dia 24 de dezembro. O espírito natalino deveria ser incluído em nossas vidas todos os dias, pelo simples fato  de que se trata de olharmos para o próximo com um pouco mais de amor fraterno e sincero, sem preconceitos , julgamentos ou influências do meio… Assim como Jesus fez durante os 33 anos que esteve aqui nesta terra, em carne osso como eu e vc…

Agradeço a DEUS por tudo que recebemos nesse ano de 2011, dos sorrisos as lágrimas, da esperança a dor, do ganho as perdas… Tudo que nos aconteceu nesse ano, marcou nossas vidas para sempre, mas nos fez crescer, pensar, calar, ouvir, amar…

Que no ano de 2012, nossa fé se renove, nossas esperanças ganhem força e que o sorriso sincero possa vir de dentro de nossos corações mais uma vez!

Desejo a todos uma vida melhor, um abraço sincero, uma mão amiga nos momentos difíceis, assim como tivemos e principalmente, que o ser humano abra os olhos e aceite que todos os atos cometidos nesse plano se transformará em dívida e ser cobrada ou em dádiva a ser merecida, não se enganem… a vida não acaba quando deixamos a carne…

 

“Igor meu amor…

Te amo como sempre, te agradeço por ter me escolhido para essa prova e gostaria de dizer que passaria por tudo novamente, apenas para ter sua presença iluminada pelos 4 anos vividos…

Você é a luz de nossas vidas, o amor de nossos corações, o filho amado, o neto querido, o sobrinho estimado, o amigo verdadeiro…

Desejo que em sua nova jornada, neste natal você sorria e nos agracia com seu abraço mesmo que não possamos ver…

Feliz Natal meu filho querido!”

Mamãe Paula

 

Um abraço que tira a dor a todos!

Paula Miranda

@hypnosemakes